Meditação Matinal
21/12/2014


Andando de Branco Junto com Ele

Tens, contudo, em Sardes, umas poucas pessoas que não contaminaram as suas vestiduras e andarão de branco junto comigo, pois são dignas. Apoc. 3:4

Graças a Deus, Ele pode manter Seu povo numa situação em que não contaminem suas vestiduras. Se nos submetermos a Cristo, seremos mantidos incontaminados do mundo. "Conheçamos e prossigamos em conhecer ao Senhor; como a alva, a Sua vinda é certa." Osé. 6:3. Temos de prosseguir. Não devemos ficar satisfeitos com as capacidades e o conhecimento de hoje. Todos os habitantes do Universo estão observando como nestes últimos dias Deus está preparando um povo para subsistir no juízo. Supliquemos que Deus nos vista com o manto da justiça de Cristo, de modo que estejamos preparados para a vinda do Filho do homem.

Dos que não contaminaram as suas vestiduras, Cristo diz: "Andarão de branco junto comigo, pois são dignos." Mediante o infinito sacrifício feito em nosso favor, podemos ter graça em abundância. Deus tem todo um Céu cheio para nós. Tudo o que Ele pede é que por meio de viva fé recebamos Suas promessas, dizendo: "Eu creio. Aceito as bênçãos que Tu tens para os que Te amam."

"O vencedor será assim vestido de vestiduras brancas, e de modo nenhum" - oh! quão precioso é esse "de modo nenhum"! - "de modo nenhum apagarei o seu nome do livro da vida; pelo contrário, confessarei o seu nome diante de Meu Pai e diante dos Seus anjos." Apoc. 3:5. Quando as portas da cidade de Deus se revolverem nos seus gonzos resplandecentes, e entrarem as nações que observaram a verdade, Cristo estará ali para nos dar as boas-vindas, para chamar-nos de benditos do Pai, porque vencemos. Ele nos dará as boas-vindas diante do Pai e diante dos Seus anjos. Ao entrarmos no reino de Deus, para ali passar a eternidade, as provações, dificuldades e perplexidades que aqui tivemos se reduzirão a uma insignificância. Nossa vida se comparará com a vida de Deus. General Conference Bulletin, 6 de abril de 1903